nov 262013
 

Matéria: Rodrigo de Aguiar

Fotos: ASK-RG

rodrigo@papareianews.com

O skate é o segundo esporte mais praticado no Brasil e abrange todas as faixas etárias, tornando-se mais uma forma de união entre os praticantes

O skate como forma de esporte e como hábito de vida: esta é a ideia defendida pelos integrantes da Associação dos Skatistas do Rio Grande, a ASK-RG. Fundada em 1991, a instituição é mais antiga que a própria federação gaúcha, porém o momento é de reconstrução. O espaço, localizado no Centro Municipal de Eventos, foi cedido no ano 2000 e nos dois últimos anos esteve fechado para reforma do prédio e preparação das pistas.

De acordo com estudos realizados pela associação, existem somente em Rio Grande mais de 4.500 skatistas e dentre eles estão pessoas que já venceram diversos campeonatos nacionais e internacionais, mesmo sem um lugar adequado para treinamento.

Outro ponto negativo e que vem sendo combatido pela direção da ASK-RG é a utilização do espaço por moradores de rua para o consumo de drogas. Para isso, os integrantes uniram-se em um mutirão para tentar recuperar o local evitando assim a prática reiterada de do vício e dos furtos de fios e materiais empregados na construção do espaço.

Segundo o presidente da associação, o professor de ética e filosofia Rogério Fonseca Póvoa, a intenção é de retomar a organização com fichas e carteirinhas. Ele lembrou ainda que as principais marcas de materiais ligados ao esporte já realizaram  diversas demonstrações para os adeptos rio-grandinos e o objetivo é possibilitar novamente  para as novas gerações.

O skate é o segundo esporte mais praticado no Brasil e abrange todas as faixas etárias, tornando-se mais uma forma de união entre os praticantes. Dentro das mais diversas modalidades do esporte, Póvoa destacou o ingresso cada vez maior de mulheres, principalmente na categoria conhecida como long board, utilizada na grande maioria das vezes como meio de transporte.

Por falar em transporte, o Vice-presidente, o advogado César Wojciechowski Filho, lembrou-se do uso, muitas vezes irregular, nas ruas e avenidas da cidade. Os dois responsáveis defendem a criação de políticas públicas que possibilitem uma convivência harmônica com todos os meios de locomoção. O skate é um bom exemplo de transporte alternativo, destacou César.

O que acaba por entristecê-los é a rotulação injusta da sociedade de que todo o skatista é um viciado. Esta imagem acabou sendo associada muito por conta dos Estados Unidos, que veiculava drogas e skate na grande maioria dos filmes e séries. Atualmente, os praticantes estão buscando limpar essa má impressão e mostrando que a droga não é um problema único desta modalidade, mas sim enraizado na população com um todo.

Fundada em 1991, a instituição é mais antiga que a própria federação gaúcha, porém o momento é de reconstrução

Mesmo fechada e com as pistas em fase avançada de construção, a direção já planeja o futuro. O projeto social “Ollie para o futuro”, que leva o nome de uma manobra, tem como principal objetivo as redes sociais. Através das imagens capturadas e gravadas das crianças de 8 a 12 anos, eles planejam a criação de uma revista digital, trabalhando em cima do princípio da ação e diversão.

A ASK-RG trabalha atualmente com recursos dos próprios integrantes e nesse período já foram investidos mais de 30 mil reais. O Tecon Rio Grande vem prestando um apoio com a doação de madeira, componente principal para a confecção dos obstáculos. De acordo com eles, os empresários rio-grandinos estão enxergando o skate atualmente com outros olhos, o que pode favorecer o fornecimento de patrocínio para a conclusão da estrutura.

A expectativa é liberar o espaço até o final do ano, e, depois de prontas, as pistas serão consideradas referência na região, por terem sido inspiradas nas mais importantes pistas do mundo.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044