jan 242014
 

Matéria: Rodrigo de Aguiar

Fotos: Guilherme Rajão e Rodrigo de Aguiar

rodrigo@papareianews.com

Com o palco pronto, questões técnicas impedem que partidas possam ser realizadas

E após uma semana de indefinição na Linha do Parque, o veredito foi dado hoje e a resposta não foi das mais animadoras: muito pelo contrário, foi um balde de água fria sobre todos aqueles que dedicaram-se desde o início da obra de recuperação do estádio Aldo Dapuzzo. O Corpo de Bombeiros realizou na manhã desta sexta-feira a vistoria final na casa rubro-verde e diversos pontos foram encontrados em desconformidade com a nova Lei de Incêndio, interditando e impossibilitando a realização de jogos dentro do Aldo Dapuzzo.

A notícia não chegou muito bem aos ouvidos de quem já havia sido castigado com o adiamento da partida contra o Brasil de Pelotas, torcedores e dirigentes buscavam entender o motivo de tantas exigências, que não eram cobradas em outros estádios da região. A resposta foi óbvia, os demais estádios apresentam alvarás ainda em vigência e tão logo vençam seus respectivos prazos de validade serão cobrados com o mesmo rigor pelas autoridades competentes. No Sport Clube São Paulo o alvará expedido era provisório e diante disso a interdição tornou-se inevitável.

A direção do clube, tão logo concluiu a reunião com os militares, convocou uma entrevista coletiva, onde foram expostas as razões que levaram os bombeiros a optarem pela interdição do estádio Aldo Dapuzzo e sobre quais medidas seriam tomadas para a realização da partida contra o Esportivo de Bento Gonçalves. O presidente Domingos Escovar disse que entende perfeitamente o motivo pelo qual o estádio foi interditado e a partir daquele momento era preciso aguardar a manifestação dos bombeiros para que fosse apresentado o documento com os itens exigidos pela corporação.

Tão logo soube do resultado da vistoria, o presidente Domingos Escovar convocou uma coletiva de imprensa

O período da tarde foi dedicado aos contatos para a definição do novo local para a realização da partida. Na sala Ângelo Matos, a diretoria reunida buscava encontrar uma solução para o problema, o estádio Arthur Lawson foi cogitado, mas diante das obras de recuperação do gramado tornaram inviável a pretensão rubro-verde. Perto das 16h, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelleto, entrou em contato com Escovar e confirmou o jogo para domingo, às 18h30, no estádio da Boca do Lobo, em Pelotas, com portões fechados. A notícia chegou de forma positiva, pois antes da definição, Novelleto havia cogitado da possibilidade do São Paulo mandar seu jogo na cidade de Gravataí, onde encontra-se o estádio da equipe do Cerâmica.

O engenheiro Paulo Cuchiara, que integra a comissão de obras, disse em entrevista que após a realização das modificações propostas pelos bombeiros o estádio Aldo Dapuzzo será o primeiro do Rio Grande do Sul a ser totalmente apto a receber jogos de futebol dentro da nova legislação. Grandes estádios, como o Beira Rio, que irá inclusive sediar jogos da Copa do Mundo, também vem encontrando dificuldades para poder reabrir as portas e receber o torcedor, fato este que pode fazer com que o confronto com o Internacional não mais seja realizado em Porto Alegre, mas sim em Novo Hamburgo, no estádio do Vale.  O técnico Agenor Piccinin também lamentou a decisão, disse que o fator casa seria preponderante para mais um resultado positivo e agora os jogadores possuem uma missão ainda maior, que é a de voltar de Pelotas com os três pontos. “O trabalho segue normalmente conforme veiculado pelo setor de comunicação do clube, mas agora precisamos nos preparar para mais este desafio e retornar para Rio Grande com os três pontos conquistados.”, concluiu o treinador.

Os torcedores que adquiriram antecipadamente os ingressos para esta partida terão seus dinheiros devolvidos nos mesmos locais em que realizaram as respectivas compras.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044