jan 202014
 

Matéria: Rodrigo de Aguiar

Fotos: Arquivo blog Papareia News

rodrigo@papareianews.co

A próxima partida será contra o Brasil de Pelotas quarta-feira, às 20h, no estádio Aldo Dapuzzo

A espera enfim acabou! Após 12 anos o Sport Clube São Paulo voltou a pisar nos gramados da Primeira Divisão. O dia 19 de janeiro marcou o retorno do Leão do Parque ao convívio dos grandes do futebol estadual.

O adversário foi o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul e a preparação para a partida de estreia começou ainda no sábado, quando a equipe iniciou a viagem para a serra e contou com o apoio do torcedor, que esteve no Aldo Dapuzzo para repassar as energias positivas aos jogadores. O grupo ficou hospedado e concentrado em um hotel na cidade de Farroupilha, distante 19 km, de Caxias e de lá a equipe e comissão técnica partiu em direção ao destino pouco depois das 17h.

O jogo

Em campo e todo de verde, o São Paulo começou a partida com um comportamento mais ousado, diferente do jogo de Novo Hamburgo. A primeira jogada de perigo foi do rubro-verde, aos 47 segundos Balduíno lançou a bola tentando encobrir o goleiro Fernando, que estava adiantado. Aos dois minutos Jefferson Chumbinho tentou chegar, mas a defesa do Juventude aliviou o perigo.

Aos cinco minutos, a resposta do time da casa: após cruzamento perigoso na área, Nego subiu para afastar a bola. Aos sete minutos e meio Ray lançou a bola para Chumbinho, que perdeu a chance de abrir o placar no Alfredo Jaconi. Aos dez minutos a equipe do Juventude chegou com perigo mais uma vez e Cesinha desviou para escanteio. No lance seguinte Balduíno afastou e o São Paulo recuperou a bola.

Tomando quase que todas as ações do jogo, o time da Linha do Parque foi mais uma vez para o ataque e aos 20 minutos Ray chutou forte e o goleiro Fernando mandou para escanteio. Na sequencia do lance, Fernando mais uma vez defendeu e mandou para novo escanteio. O Juventude teve uma falta aos 23 minutos e na cobrança a defesa afastou o perigo e dois minutos depois Zulu chegou forte e Pablo fez uma grande defesa.

Aos 27 minutos o São Paulo teve uma falta. Vanderlei foi para a cobrança e no bate rebate dentro da área a bola sobrou para Guilherme que mandou pro fundo do gol: 1 a 0 Leão. Aos 35 minutos Robin luxou o ombro e foi substituído por Murilo. Aos 48 minutos o gol do empate. Após um cruzamento de Julinho, Rafael Pereira mandou a bola para o gol defendido pelo goleiro Pablo: 1 a 1 placar do primeiro tempo.

Segundo tempo

Aos seis minutos Ray soltou uma bomba, que passou a direita do gol de Fernando. Aos sete minutos Chumbinho chegou forte e Rogerinho mandou a bola pela linha de lado para arremesso lateral. Pelo lado do Juventude o técnico Geraldo Delamore fez a primeira modificação, com a entrada de Turran no lugar de Rodrigo. Aos oito minutos Ray cobrou falta para o São Paulo, que bateu na rede pelo lado de fora.

Aos nove minutos Turran sofreu falta. Na cobrança o goleiro Pablo agarrou firme. Aos 11 minutos, Jardel fez o lançamento para Douglas, que concluiu pela linha de fundo. Aos 15 minutos o técnico Agenor Piccinin se viu obrigado a fazer a sua segunda modificação: Gilian entrou no lugar de Nata, que saiu machucado. Um minuto depois nova substituição: saiu o atacante Jefferson Chumbinho e entrou em seu lugar o também atacante Michel.

Aos 18 minutos nova substituição no time do Juventude: Ernel entrou no lugar de Douglas. Aos 20 minutos Nego impediu o gol da virada do Juventude e na sequencia Jardel também perdeu o lance. Aos 27 minutos, nova chegada do São Paulo: Gilian chutou forte, mas a bola foi direto pela linha de fundo. No contragolpe o atacante Zulu mandou a bola no travessão, quase marcando o segundo gol do Juventude.

Aos 30 minutos, Paulo Josué entrou no lugar de Diogo Oliveira na equipe da casa e no minuto seguinte Jardel chegou forte e Cesinha mandou para lateral. Na sequencia Zulu mais uma vez cabeceou e Pablo defendeu. Aos 41 minutos o Juventude teve uma falta. Julinho fez a cobrança e Jardel tentou cavar um pênalti, mas sem sucesso.

Aos 43 minutos o gol da vitória. A defesa do Juventude falhou e Michel chutou forte e a bola foi morrer no fundo do gol: 2 a 1 São Paulo e festa na serra gaúcha.

O técnico Agenor Piccinin disse que vencer é sempre bom e este é o momento de comemorar, mas já nesta segunda o pensamento volta-se para a partida contra o Brasil de Pelotas, na próxima quarta-feira, no estádio Aldo Dapuzzo. Com esta vitória o São Paulo assume a liderança do grupo B com três pontos ganhos.

Ficha técnica:

Juventude (1) – Fernando; Rodrigo (Turran); Rafael Pereira; Diogo; Julinho e Leandro Melo; Jardel; Diogo Oliveira (Paulo Josué); Rogerinho; Zulu e Douglas (Ernel). Técnico: Geraldo Delamore

São Paulo (2) – Pablo; Nego; Guilherme; Vasconcelos; Cesinha; Vanderlei e Nata (Gilian); Balduíno; Robin (Murilo); Ray e Jefferson Chumbinho (Michel). Técnico: Agenor Piccinin.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044