jul 282013
 

Matéria: Rodrigo de Aguiar

Fotos: José Silveira

rodrigo@papareianews.com

jose@papareianews.com

Imagem foi colocada em um caminhão do Corpo de Bombeiros

Fé e devoção a São Cristóvão levaram centenas de pessoas a participarem da procissão motorizada em homenagem ao padroeiro dos motoristas, a vigésima sexta edição começou na manhã deste domingo, com uma missa que foi realizada na igreja do Educandário Coração de Maria.

Por volta das 10h, a imagem do santo foi colocada em um caminhão do Corpo de Bombeiros, percorrendo as ruas e avenidas do município. Participaram do trajeto carros, motos, bicicletas, ônibus e, principalmente, caminhões que antes mesmo da celebração da missa já formavam uma longa fila, que alcançava um depósito de gás na Avenida Itália, número que certamente aumentou com o decorrer da procissão.

Como já é tradição, a imagem de São Cristóvão percorreu a Avenida Honório Bicalho. Na região do porto, os motoristas realizaram o tradicional zigue-zague, como forma de adoração e agradecimento pela proteção alcançada.

Dali Berneira caracteriza o trânsito atual como muito pesado

Após percorrer diversos bairros e área central, a procissão encerrou na paróquia São José Operário, onde os veículos foram abençoados. Atuando há dois anos como motorista em uma empresa de materiais de construção, mas caminhoneiro de longos anos, estava presente Dali da Silva Berneira.

O profissional, de 45 anos, contou que quando não participa em algum ano, os planos parecem não dar certo e atribuiu sua proteção na estrada a São Cristóvão. Berneira disse, ainda, que caracteriza o trânsito atual como muito pesado, e que se os motoristas tiverem mais calma e cautela tudo tende a melhorar.

Para o padre Rafael Colvara, a fé em São Cristóvão mostra o caminho da solidariedade e do amor ao próximo. O religioso disse, ainda, que, em um tempo de muita violência no trânsito, torna-se necessária a crença no padroeiro e que os condutores devem agir com mais atenção e prudência no momento de guiarem um veículo automotor.

Ao chegar à paróquia São José Operário, São Cristóvão foi recebido com muitos foguetes, forma encontrada para homenagear a chegada do padroeiro. Às 12h30 um churrasco foi servido no local e, dos ingressos comercializados durante a semana e ao longo da manhã, poucos ainda restavam à venda.

Na região do porto, motoristas realizaram o tradicional zigue-zague em homenagem ao padroeiro

Padre Rafael Colvara, disse que a fé em São Cristóvão mostra o caminho da solidariedade e do amor ao próximo


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044