jan 222014
 

Matéria e fotos: Rodrigo de Aguiar

rodrigo@papareianews.com

Notícia do adiamento da partida foi conhecida pouco depois das 13h

Segue indefinida a situação do estádio Aldo Dapuzzo para a realização de partidas no Campeonato Gaúcho. O ritmo de trabalho para a realização das modificações segue intenso e torcedores também auxiliam na pintura e demais atividades em conjunto com empresas contratadas. A liberação da casa rubro-verde depende ainda de uma vistoria da Brigada Militar e da aprovação do Plano de Prevenção e Combate a Incêndio pelos Bombeiros, o que autorizaria a emissão do alvará para o funcionamento do estádio.

A partida contra o Brasil de Pelotas, válida pela segunda rodada da competição, que seria realizada na noite de hoje, foi transferida para o dia 12/02. O motivo, segundo o Tenente Coronel Carlos Alberto Brusch Terres, em entrevista para o programa Bola na Rede, da rádio Cultura Riograndina, seria a falta de tempo hábil para a formação de efetivo policial para a realização da partida em outro estádio, uma vez que o Aldo Dapuzzo não havia recebido condições de funcionamento. O efetivo estava mobilizado para a partida em Rio Grande, no entanto a troca inviabilizaria o plano de distribuição do contingente de militares. Em virtude da impossibilidade do estádio Arthur Lawson, a direção do clube deveria ter comunicado o comando da Brigada Militar até às 13h para que um novo planejamento pudesse ser realizado.

A notícia, repassada no início da tarde, não agradou torcedores, dirigentes e membros da comissão técnica, que trabalhavam com a ideia de que a partida seria realizada na noite de hoje. O presidente do clube, Domingos Escovar, disse ter recebido esta notícia com tranquilidade, o mandatário considerou ainda a atitude louvável, pois os torcedores não poderiam ser colocados em risco diante da ausência do policiamento no estádio. Sobre a questão levantada de realizar a partida em outro estádio, como por exemplo, na Boca do Lobo, em Pelotas, Domingos foi enfático: não existe nenhuma possibilidade e o clube fará o possível para que o Aldo Dapuzzo possa receber plenas condições de jogo.

O técnico Agenor Piccinin disse que o adiamento da partida contribui para a quebra do foco e a concentração dos jogadores que estavam preparados para a realização de um clássico e tudo isso afeta o planejamento e todos os demais detalhes que circundam a realização da uma partida deste porte. O momento agora é de pensar na partida contra o Esportivo, no próximo domingo, uma vez que o jogo desta quarta-feira já havia sido adiado e nada mais poderia ser feito nesta questão.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelleto, também em entrevista para a rádio Cultura Riograndina, no programa Bola na Rede, disse que se o alvará e a vistoria do Corpo de Bombeiros não estiverem sido liberados, a partida poderá ser realizada na cidade de Pelotas, tanto no estádio Bento Freitas como na Boca do Lobo.

Na arquibancada geral foram instalados corrimãos

Arquibancadas móveis já estão montadas no lado da Rua América


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044