abr 092013
 

Matéria e fotos: Rodrigo de Aguiar.

rodrigo@papareianews.com

Imagem do cais do Porto Velho na noite de sábado, dia 6/4.

200 mil pessoas e mais de 12 mil anchovas vendidas, essas são algumas das principais estatísticas de mais uma Festa do Mar. O evento, que em 2013 esteve em sua 15ª edição, proporcionou dez dias de encontro com a natureza e com a grande homenageada, a Lagoa dos Patos. Já quem por lá chegava recebia as boas vindas de Leôncio, o tradicional Leão-marinho construído por uma artesã Riograndina que neste ano ganhou a companhia de águas dançantes.

Com uma estrutura bem montada e com diversas atrações disponibilizadas, os visitantes logo na entrada acessavam o Pavilhão do Estuário, onde estiveram reunidos os principais expositores da área naval e da área de ensino, lá encontravam-se ainda os estandes da Prefeitura Municipal, Exército e Marinha, que expuseram seus materiais utilizados em operações de guerra e em buscas e salvamentos.

Além dos tradicionais comerciantes de várias regiões do estado estava presente também o Pavilhão Imobiliário, que trouxe aos visitantes as principais informações e novidades dos imóveis que estão sendo construídos e que estão em fase de projetos em virtude do crescimento populacional e da alta demanda habitacional do município.

Para os amantes da boa leitura e das peças teatrais a Festa do Mar foi o lugar certo, uma carreta do SESI, totalmente transformada em uma biblioteca móvel, possibilitou que o público adulto e infantil interagisse com o mundo das letras. O projeto está percorrendo todo o estado e deverá voltar à cidade em mais duas oportunidades. A carreta era equipada ainda com um palco retrátil, utilizado para apresentações culturais de diversas formas, além de contar com um elevador para o acesso de pessoas portadoras de necessidades especiais.

Uma mostra fotográfica, contando a história do evento, atraiu o público para o teatro que contou ainda com apresentações de grupos de dança e projetos locais.

Outro ambiente que contou com movimento durante todo o tempo foi à gastronomia, lá, além da anchova assada na brasa, foram comercializados ainda outros alimentos que atraíram os turistas e movimentaram a economia da cidade. Ainda na tarde de domingo foram esgotadas as anchovas, deixando várias pessoas sem a chance de experimentarem o prato mais comentado do evento.

Ao longo da festa foram realizados ainda esportes náuticos e passeios de escuna que possibilitavam que os visitantes conhecessem o Polo Naval e acompanhassem um pouco das obras de construção das plataformas P-58 e P-63.

A próxima edição já tem data marcada, a 16ª Festa do Mar acontecerá de 10 a 21 de abril de 2014 no cais do Porto Velho.

Leôncio, que neste ano ganhou a companhia de águas dançantes, dava as boas vindas aos visitantes.

Boneco símbolo da escuna Vento Negro que realizou passeios turísticos na Lagoa dos Patos.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044