dez 202013
 

Matéria: Rodrigo de Aguiar

Fotos: José Silveira

rodrigo@papareianews.com

jose@papareianews.com

Evento foi promovido pela Secretaria de Cultura

O espaço interno da Catedral de São Pedro foi utilizado na noite de ontem para a realização do espetáculo Natal Barroco. O evento, promovido pela Secretaria de Cultura, reuniu a comunidade para um musical de aproximadamente uma hora.

O concerto foi regido pelos músicos gaúchos Diego Biasibetti e Rodrigo Colveyra, que utilizaram em suas apresentações instrumentos como cravo, uma espécie de piano, flauta doce e violino. Antes de iniciar o espetáculo, Colveyra explicou ao público presente um pouco sobre cada instrumento que seria utilizado, com destaque para o cornetto.

Formado por duas peças de madeira unidas, o instrumento de sopro é extremamente rudimentar e segundo ele, para que o cornetista consiga tocar uma nota estática é necessário, pelo menos, dez anos de prática. Atualmente Rodrigo é o único cornetista em todo o Brasil e este tipo de músico é extremamente raro.

Como as letras das músicas não podem ser lidas, os movimentos corpóreos dos músicos tentava traduzir os momentos mais intensos das canções que eram interpretadas, proporcionando uma rara oportunidade de acesso à cultura barroca.

Padre Raphael Colvara disse que a música traduz uma aproximação com Deus

O espetáculo, que começou pouco depois das 20h00, contou com aproximadamente uma hora de duração e, ao final, os músicos foram presenteados com artigos locais pelo secretário de cultura, Celso Santos, e receberam os agradecimentos e cumprimentos do Padre Raphael Colvara. A nossa reportagem, o religioso disse que a música sempre traduziu uma aproximação com Deus e este estilo, dotado de um enorme grau de sofisticação, não pode deixar de ser apresentado a comunidade. “Com o recital sendo barroco, nada melhor do que acontecer na igreja mais antiga do estado e pertencente também a este estilo”, concluiu ele.

Paixão de Rodrigo pela música vem de família e sua inserção neste universo se deu muito cedo

O músico Rodrigo Colveyra contou que sua paixão pela música vem de família. Sua mãe foi professora de piano e a inserção neste universo se deu muito cedo. Ele é natural de Porto Alegre, mas atualmente reside na cidade francesa de Estrasburgo.

Colveyra tem mestrado em flauta doce, pela Schola Cartorun de Basel, considerado o centro de música mais antigo do mundo; possui também mestrado em cornetto, em Trassinger, na Alemanha e estudou flauta doce com um renomado professor italiano, em Milão.

Para ele, a realização de eventos para a comunidade é fundamental, pois no estado temos uma influência cultural muito grande e apresenta-los em igrejas com estilo barroco é uma forma de associar a arquitetura com a música, formando assim um grande intercâmbio.

Biasibetti disse que durante os três anos que esteve na europa o convívio com este tipo de repertório foi muito grande

Já Diego Biasibetti começou nesse ramo ainda muito novo, com apenas seis anos. Desde essa época já pedia aos pais um acordeom de presente. Natural de Caxias do Sul, ele fez faculdade de regência de coral, na URGS, e logo após foi para Bremen, na Alemanha, onde estudou violoncelo barroco.

Biasibetti permaneceu na europa por três anos, período em que teve uma grande convivência com este repertório. “Estes tipos de espetáculos são extremamente comuns na Alemanha e o curso mais difícil é o de regência de coro de igreja”, completou o músico.

Atualmente ele reside em Porto Alegre e toca violoncelo na Unisinos e OSUSC, onde também é maestro assistente.

Confira no vídeo abaixo um trecho do espetáculo.

 


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/joses963/public_html/papareianews.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044